segunda-feira, 25 de julho de 2016

Cores, sons e amigos do Vale: Artistas do Vale do Jequitinhonha revivem show realizado em 1984 e se reencontram para lançar “Onhas do Jequi”

Rubinho do Vale tinha apenas um LP. O nome de Paulinho Pedra Azul não era reconhecido por muitas pessoas em Belo Horizonte e Saulo Laranjeira ainda não tinha feito um show profissional na capital. Eles integravam um grupo formado por artistas do Vale do Jequitinhonha, todos em estágio embrionário de carreira, que fez um grande encontro no Palácio das Artes em 1984. O show “Onhas do Jequi” foi realizado em duas sessões, em dias pouco procurados pelo público, segunda e terça-feira. “Era a primeira vez que se reuniram aqueles artistas do Vale”, conta o gestor e produtor Guilardo Veloso.
Do lado de dentro, o teatro ficou lotado e, do lado de fora, muitas pessoas tiveram que voltar às suas casas sem ver e ouvir as cores, as histórias e os ritmos do Vale. “Ninguém acreditava. Foi muito difícil conseguir as datas e não eram dias muito bons. Ainda assim, muita gente ficou de fora”, lembra Rubinho do Vale.
Em 2014, 30 anos depois desse grande show, os artistas voltaram a se reunir para comemorar o marco e repetiram o sucesso no Minascentro. Foi quando gravaram o DVD “Onhas de Jequi”, que será lançado nesta terça-feira (19), às 19h30, no Mercado do Cruzeiro. “Foi um reencontro festivo. Eram muitos artistas e tínhamos a sorte de ainda tê-los todos vivos, agora na faixa dos 60, 70 anos”, afirma Guilardo.

domingo, 24 de julho de 2016

Diamantina comemora 17 anos do título de Patrimônio da Humanidade em meio a desafios

Fonte: Estado de Minas

O Centro Histórico da terra natal de Juscelino Kubitschek (1902-1976) e de Chica da Silva (1732-1796) vai comemorar 17 anos do reconhecimento da Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade em 1º de dezembro. A declaração trouxe inúmeros benefícios a Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, como saltos no número de turistas e geração de empregos, mas impôs desafios que ainda não foram superados pelo antigo Arraial do Tejuco, entre eles a carência de banheiros públicos no entorno dos cartões-postais e o trânsito caótico no horário de pico.

OS 10 DESTAQUES...

.  Conservação urbana no entorno das áreas turísticas
.  Substituição de fiação aérea por subterrânea na maioria das áreas turísticas
.  Presença do Corpo de Bombeiros, com grupo de busca e salvamento
.  Existência de aeroporto, ainda que opere com voos charter ou particulares
.  Disponibilidade de vagas públicas para estacionamento nas áreas turísticas
.  Existência de Centro de Atendimento ao Turista (CAT)
.  Presença de empresas de receptivo, que oferecem serviços aos turistas
.  Opção para locação de automóveis
.  Valorização da gastronomia regional pelos restaurantes, com receitas típicas
.  Serviço médico em emergências 24 horas

… E OS 10 DESAFIOS DO ANTIGO TEJUCO

.  Ausência de sinalização turística viária em idioma estrangeiro
.  Indisponibilidade de acesso gratuito à internet em locais públicos
.  Carência de caixas eletrônicos para saques com cartões de crédito internacionais
.  Ausência de benefícios locais de isenção ou redução de impostos ou taxas para as atividades características do turismo
.  Ausência de grupamento especializado na PM para atendimento ao turista
.  Carência de lixeiras e banheiros públicos no entorno dos cartões-postais
.  Ausência de elementos de acessibilidade que permitam a circulação de deficientes físicos e pessoas com necessidades especiais
.  Carência de opções de transporte urbano que atendam às principais atrações turísticas
.  Cobertura restrita da sinalização turística descritiva/interpretativa dos atrativos
.  Ausência de políticas locais de incentivo ao uso de tecnologias que priorizem a questão ambiental em meios de hospedagem

 
Clique aqui para ler reportagem completa.

"Livro Pra Que Te Quero" divulga atrações da edição de agosto

Livro Pra Que Te Quero

Praça Olímpica
04 de agosto Das 19 às 22h e 30 minutos no Mercado Velho
O participante receberá uma identificação adquirida na bilheteria do evento ( um passaporte no valor de R$ 10,00 - dez reais )  o que lhe possibilitará acesso ao evento, contribuindo assim para sua sustentabilidade.
Programação artístico Musical:
  • De 19 às 20h – Retrospectiva LPQTQ com apresentação de violino
  • De 20h às 20:15-Contação de história com Parísina Éris
  • De 20:15 às 20:30 h- jogo de Capoeira com Joel Santos
  • De 20:30 às 22:30-Pablo Aquiles: show violão e voz
  • Slakeline com "Naturalmentes" na Praça do Mercado e Tênis com Topspin Diamantina

Gourmets:

  • Brigaderiè- doces e salgados finos
  • Butiquim da Quitanda-Chopp Ashby
  • Café A Baiuca- Cerveja artesanal
  • Casa Real-Hambúrgueres e sucos
  • Grupiara-Petiscos e porções
  • Sushi Barroco-Comida japonesa e Chinesa
Espaço Cult:
  • Lucinha , Lena e Mara -Artesanatos temática Diamantina Viva
  • Parísina Éris-Bordados
  • Cerveja Capistrana-Kits para presente
Oficina Criativa:
  • Ludoteca
  • Cenasr
Patrocinadores:
  • Pousada Vila do Imperador
  • Pouso da Chica
  • Diamante Palace Hotel
Apoiadores Culturais:
  • A Loja de Pianos
  • Restaurante Fino Trato
  • Academia Splash
  • Casa Santiago
  • Imobiliária Seabra
Som e Iluminação: Pro Audio
Internet: Fxnet
Equipe de Produção: Cláudia Pereira, Fernando Gripp,Raquel Galiciolli, Giselle Oliveira,Taynara Pessoa, Elda Patrícia, Luiz Gustavo, Thayná Pereira, Mattheus Pereira, Suellen Vitória, Sarah Pires, Arlete Alves, Leo Marques e Adão Azevedo
Você é nosso convidado especial.
Juntos somos mais!

Lançamento de livros de Ivo Pereira


O autor Ivo Pereira convida para o lançamento dos livros Cartilha do candidato: estratégias de campanha para vereador e prefeito (política) e O Mundo Dentro do Menino (contos).

Livro: Cartilha do candidato (política)

A pesquisa para o livro:

A partir de 1984 (Diretas Já), o autor vem anotando ideias e sugestões sobre política e eleições que resultaram no livro A Guerra pelo Voto de 250 páginas. Para ficar mais barato para publicar o autor o dividiu em módulos. Cartilha do Candidato é o primeiro capítulo desse livro, que virou o primeiro módulo: estratégias de campanha para vereador e prefeito.

"Este livro é apenas um pequeno roteiro para o candidato não se perder ou ficar isolado no meio da guerra de uma eleição. Sim, a eleição é uma guerra, portanto o candidato precisa se preparar para a batalha de ideias, com informações, com ética, honestidade, competência e transparência. O eleitor está cansado de ser enganado, quer eleger cidadãos que o representem com respeito na Câmara e na Prefeitura. É preciso incentivar mecanismos para promover a transparência e o combate à corrupção.” Ivo Pereira

Serviço:

Livro: Cartilha do candidato

Autor: Ivo Pereira

Editora: Costelas Felinas (SP) / dreamantina (BH)

Preço: 25,00 (78 pp.)



Livro: O Mundo Dentro do Menino (contos)

"O Mundo Dentro do Menino é um livro de contos e poemas cuja temática é a infância. Várias infâncias... O autor Ivo Pereira (Estrela do Indaiá/MG, 1958), reuniu nesta obra histórias para contar para seus filhos quando eles ainda eram crianças. Mas neste livro você vai encontrar histórias indicadas para todas as idades, principalmente para aqueles que buscam reencontrar o espírito jovial que perpassa qualquer tempo. A primeira edição vem em formato cartonero, pela editora recifense Cartonera do Mar, com capas especialmente pensadas em referência ao conto que dá nome à obra. Permita-se viajar pelo Mundo Dentro do Menino." 

Texto e fotos do livro cartonero: Jaciline Silva, Editora Cartonera do Mar – Recife/PE. 

Serviço:

Livro: O Mundo Dentro do Menino

Autor: Ivo Pereira

Editora: Cartonera do Mar – Recife/PE

Preço: 25,00 (58 pp. )

Lançamento dos dois livros

Data: 07/08/2016 (domingo)

Horário: 10 às 14h

Local: Restaurante Recanto do Antônio

Beco da Tecla, 39, centro, Diamantina/MG

terça-feira, 5 de julho de 2016

O choro nas bandas de Diamantina: estudo das práticas musicais e registro de obras produzidas entre 1870 e 1920

O século XIX, especialmente a segunda metade, é caracterizado, entre outros aspectos, pela criação musical brasileira nascida do encontro dos gêneros importados, como a polca e a valsa, com ritmos praticados no Brasil, notadamente os africanos. Essa criação brasileira toma vulto com as bandas de música, que executavam um repertório próprio, vasto e rico. O movimento de transformação dos gêneros europeus gera, no fim do século, o que veio a ser conhecido como choro. A produção musical nesses moldes, levada a cabo pelas bandas de música, foi responsável pela disseminação dos gêneros europeus transformados. Os músicos que atuavam em bandas possuíam habilidades de leitura e de escrita nas notações musicais formais, deixando registrada boa parte daquela produção. Muitas dessas partituras produzidas encontram-se ameaçadas de esquecimento, e outras estão irremediavelmente perdidas. O estudo do repertório do acervo em Diamantina tem como objetivo compreender a prática do choro naquela cidade, no final do século XIX e no início do século XX e conhecer os músicos e os compositores daquela época por meio de pesquisa do repertório escrito para bandas de música e documentos disponíveis em bibliotecas e bandas da cidade. Há uma importância histórico-musical na investigação desse repertório, para maior conhecimento da música e do choro em Minas Gerais, além de possibilitar um estudo da vivência musical durante a urbanização de Diamantina. O trabalho de resgate e catalogação desse material, o estudo aprofundado das suas origens e as possíveis ligações com o choro podem juntar-se ao material já existente sobre a música brasileira, aumentando o acervo de informações disponíveis sobre o tema e facilitando futuras pesquisas.

Autor: Alaécio Geraldo Martins de Souza


Texto completo:PDF

Mensagem de Toninho Horta esclarecendo sobre realização do Diamantina Jazz Festival

Prezados amigos! 
Quem escreve é Toninho Horta, músico, sou curador do Diamantina Jazz Festival / Diamond Land que acontecerá nos dias 29 e 30 de julho de 2016. Quando idealizei o evento, acreditava que podíamos ter estes artistas top da musica internacioal instrumental e jazz no elenco. Porem, mesmo com o projeto aprovado na Lei Rouanet, não conseguimos infelizmente captar recursos à altura de nossa expectativa. Entretanto, mesmo com uma verba modesta em relação ao que estimávamos conseguir pro festival, recebemos um patrocínio que se torna valioso: finalmente podemos fazer o primeiro Festival de Jazz de Diamantina, contribuir com esta bela e rica culturalmente cidade e o Vale do Jequitinhonha oferecendo concertos e atividades musicais gratuitas como workshops e oficinas instrumentais. Vamos com certeza atrair gente de várias partes do Brasil como tambem estrangeiros em trânsito que curtem o jazz e a musica de qualidade, para ouvidos musicalmente elevados; mas tambem levar a Diamantina uma música criada por exímios instrumentistas e arranjadores, maestros e educadores, capazes de atrair a atenção da população local, os jovens e gente de terceira idade. Ou seja; será um evento GRATUITO PARA TODOS! Estamos orgulhosos, músicos, produtores, idealizadores e parceiros, de proporcionar ao norte de Minas um fim de semana com muita inspiração, onde a música irá conversar com as artes mineiras, a culinária e o turismo, nessa beleza de Patrimônio Histórico Mundial que é a cidade de Diamantina. Eu estarei realizado (sem fins lucrativos mas através de uma ação social e cultural do Instituto Maestro João Horta, do qual sou neto deste maestro mineiro homenageado) um trabalho com os músicos profissionais locais e convidando os jovens musicos amadores e estudantes a participarem de diversas atividades, cujo programa será divulgado nas proximas semanas. E nesta semana que entra, todos que acompanham este site / Jornal informativo da região de Diamantina, conhecerão os nomes dos convidados para o festival. Garanto que será um sucesso, e depois me digam se valeu. Infelizmente Pat Metheny e Hermeto Pascoal (Viva seus 80 Anos!!!) terão que esperar o Brasil superar suas dificuldades economicas, sociais e financeiras, para que tenhamos condições e alegria infinda de ter sua música brilhante e verdadeira com a gente aqui em Minas! Os artistas que virão portanto seguem na mesma linha dos top artistas, pois quem faz música, agradece a DEus sempre pela contribuição divina de poder compartilhar com o proximo as notas mais bonitas, com sentimento e emoção, pelo amor que temos com a arte. O poder da música engrandece o espírito das pessoas e faz um mundo melhor, de serenidade e harmonia!!! 
Abraços a todos , e grato por lerem meu texto! Toninho Horta - junho 26 / 2016.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

"Livro Pra Que Te Quero" tem edição especial de aniversário dentro da programação do Festival de Inverno de Diamantina





O Livro Pra Que Te Quero , carinhosamente apelidado LPQTQ é um evento cultural para todas as idades e toda a família que reúne literatura, música, sabor e arte em um mesmo ambiente. A primeira edição aconteceu em Julho de 2015 com a feliz ideia de compartilhamento da cultura e do saber por meio do escambo de livros em um espaço aberto para diferentes manifestações culturais comemora nessa edição de 07 de Julho seu primeiro aniversário.

Realizado no Mercado Velho de Diamantina, sempre em uma das quinta feira de cada mês , inicia-se às 19 h e tem previsão de término às 22:30.

Numa cidade que respira cultura e música, O “Livro Pra Que Te Quero” é reconhecido como um evento de sucesso por reunir artistas de todas as modalidades num único ambiente com um grande público formado por crianças, jovens e adultos.

O calendário, bem como a programação de cada mês pode ser encontrado em nosso site: https://livropraquetequero.wordpress.com/


e o convite para a edição de aniversário: https://www.facebook.com/events/1740624116177968/

Para empresas e interessados em ser parceiros poderão nos contactar pelo email: livropqtq@gmail.com

Livro Pra Que Te Quero: Edição Especial “Aniversário”
Em parceria com Festival de Inverno 2016-UFVJM
07 de Julho de 2016 das 19 às 22h e 30 minutos no Mercado Velho
• Escambo de Livros e de Brinquedos
• Gibiteca
• Sessão cinema-Retrospectiva LPQTQ e cine terror com participação do Cine Mercúrio
• Exposição de desenhos-Juliana Cyrillo
• Exposição de Bordados-Parísina Éris
• Exposição de artesanatos-Lucinha Araújo
• Banco de Trocas
• Oficina Criativa
• Contação de histórias com Parísina Éris

Programação Artístico Musical:
• De 19 às 19:30 – Apresentação da Suite nº 01 de Bach (Tema do LPQTQ )

• De 19:30 às 20:00h- Conservatório Estadual de Música Lobo de Mesquita-Luciana Vieira e coral com a apresentação REI LEÃO

• Contação de Histórias dentro do Escambo com Parísina Éris

• De 20:00 ás 20:30 h – Fernanda Alvarenga-Ballet dos alunos do Splash

• De 20:30 às 22:30h –Dama & 3 de Paus – show de rock

O participante receberá uma identificação adquirida na bilheteria do evento ( um passaporte no valor de R$ 10,00 – dez reais ) e com ela perceberá algumas vantagens:

  • 1-Fazer os escambos e participar do Banco de Trocas
  • 2-Ter descontos em todos os stands do evento
  • 3-Ter acesso à retrospectiva LPQTQ
• Gourmets: Brigaderiè, ,Butiquim da Quitanda ,Café A Baiuca, Casa Real, Grupiara,comida japonesa

• Espaço Cult: Lucinha Araújo-Artesanato,Parísina Éris-Bordados,Cerveja Capistrana

• Oficina Criativa: Ludoteca e Cenasr

Patrocinadores: Pousada Vila do Imperador,Pouso da Chica,Diamante Palace Hotel

Apoiadores Culturais: A Loja de Pianos,Restaurante Fino Trato,Academia Splash, Imobiliária Seabra, Prefeitura Municipal de Diamantina, Casa Santiago
Som e Iluminação: Pro Audio

Equipe de Produção: Cláudia Pereira, Fernando Gripp,Raquel Galiciolli, Giselle Oliveira,Taynara Pessoa, Elda Patrícia, Luiz Gustavo, Thayná Pereira, Mattheus Pereira, Suellen Vitória, Sarah Pires, Arlete Alves, Leo Marques e Adão Azevedo

Você é nosso convidado especial.

Juntos somos mais!