terça-feira, 20 de agosto de 2013

Presidenta Dilma anuncia R$1,9 bilhão do PAC para cidades históricas

Diamantina é contemplada com 29,29 milhões para recuperação de seu patrimônio

A presidenta Dilma Rousseff está em São João del-Rei (MG) nesta terça-feira (20) para anunciar o repasse de R$ 1,9 bilhão do Programa de Aceleração do Crescimento destinado a cidades históricas para projetos selecionados de 44 municípios.

Os recursos prevêem R$ 1,6 bilhão para obras de restauração e R$ 300 milhões serão utilizados como linha de crédito para o financiamento de restauro e obras em imóveis privados localizados em áreas tombadas. O PAC Cidades Históricas, mais do que conservar imóveis tombados, privilegiará a recuperação de edificações destinadas a atividades que favoreçam a vitalidade dos sítios históricos. Entre as 425 obras, 115 serão em imóveis que abrigam equipamentos culturais, como teatros, cinemas e bibliotecas, além de 39 museus cujos edifícios também serão recuperados pelo Programa.

Os municípios selecionados nesta primeira etapa foram aqueles que preencheram uma ou mais das seguintes condições: possuir bens tombados em nível federal; ser declarados pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade; possuir conjuntos urbanos em situação de risco ao patrimônio edificado; ou serem conjuntos urbanos que constituam marcos no processo de ocupação do território nacional.  O PAC Cidades Históricas dará especial ênfase ao patrimônio ferroviário, hoje sob tutela do Iphan, com 24 obras que possibilitarão novos usos a estações e conjuntos ferroviários, como, por exemplo, os emblemáticos complexos de Paranapiacaba, em Santo André (SP), e de São João del-Rei (MG). Um vasto conjunto de igrejas tombadas, de valor artístico e cultural, também será preservado.

Clique aqui para consultar os valores destinados para cada cidade.

Segundo o perfil do Jornal Voz de Diamantina no Facebook as obras em Diamantina serão as seguintes:

  • Requalificação da Praça Dom Joaquim (adro da Igreja de N. S. do Rosário)
  • Restauração do Casarão do Museu de Arte Sacra de Diamantina
  • Requalificação da Praça JK
  • Restauração do antigo Diamantina Tênis Club
  • Requalificação urbanística do Largo Dom João e Praça Sagrado Coração de Jesus
  • Restauração da Igreja de N. S. do Carmo
  • Restauração do sobrado da Antiga Intendência (antiga prefeitura)
  • Restauração do Casarão dos Orlandi - Escola de arte e orquestra sinfônica
  • Restauração de 4 monumentos - Chafariz da Câmara, Igreja do Amparo, Igreja de N. S. da Luz e Igreja de N. S. Bonfim
  • Restauração do Sobrado da Secretaria de Cultura
  • Restauração do Casarão do antigo Hotel Roberto - Secretaria de Educação
  • Restauração do Casarão do Museu do Diamante
  • Implantação do Parque Municipal Serra dos Cristais

Um comentário:

  1. Só não me conformo com o "presidenta".
    Precisa mesmo?

    ResponderExcluir